Estou sem água

20 Março 2017 11:22:29

Só vemos o real valor das coisas quando não as temos

Rubiane Lima

   Sim, enquanto escrevo esta coluna, já contabilizo dois dias sem água em casa e como quase tudo na vida, só vemos o real valor das coisas quando não as temos ou a perdemos.  Minha louça se acumula sem lavar, tive que tomar banho na casa de uma amiga e até aquelas tradicionais garrafas reutilizadas para gelar água, já foram usadas para necessidades básicas, como lavar o rosto e escovar os dentes.
   Já passei por falta de água outras vezes, mas nenhuma por tanto tempo. Em outras ocasiões a água até vinha por algumas horas, mas faltava novamente e o que merece ser comentado, é o quanto as pessoas estão despreparadas para viver em conjunto. Me parece absurdamente óbvio que não devemos lavar roupa, calçadas ou utilizar mangueiras enquanto a água está se restabelecendo, já que demora para que tudo volte ao normal, caixas sejam cheias e todos possam usufruir deste bem tão maravilhoso que é a água saindo de suas torneiras.
   Infelizmente o óbvio e a realidade nem sempre andam de mãos dadas e me dói até hoje, ver pessoas lavando a rua, sim, lavando a rua para diminuir a poeira ou lavando calçadas com água escorrendo abundantemente. O ser humano ainda prima pelas suas próprias necessidades e luxos, sem pensar no bem de quem está ao seu lado. No caso da água, quando ela está voltando, ainda é mais comum que as pessoas usem todos os recipientes da casa para armazenar aquilo que poderia estar disponível em algumas horas na torneira, se todos tivessem um pouco de paciência e bom senso.
   Nesta quarta-feira (22), é Dia Mundial da Água e pela experiência que estou tendo nos últimos dias, me peguei analisando como eu faço uso da água, pois pasmem, ela não é infinita e o dinheiro que usamos para pagar a conta mensal, não vai ser capaz de ser transformado em água se continuarmos desperdiçando.
   Este tempo sem água está me servindo de escola sobre bons hábitos na hora do uso. Se hoje, eu consigo escovar os dentes usando apenas um copo com água, porque preciso de cinco minutos de torneira aberta para fazer esta higienização? Não fiquei sem roupa para usar por estar há dois dias sem lavar. Negócio é economizar, pensar no futuro e preservar o pouco de água tratada que ainda temos e antes que alguém xingue a Casan, a água do meu prédio vem de poço artesiano e aguardo com ansiedade, que tudo volte logo ao normal.


ConexaoMaster.gif


Enquete

Você costuma preocupar-se com a economia doméstica?


 

INFORMAÇÕES E CONTATO

AV. Salomão Carneiro de Almeida, 338 - Sala 26 - Ed. Gaboardi Master Center - 89520-000 - Curitibanos/SC (49) 3245.1711

Copyright © 2015 A SEMANA EDITORA LTDA. Todos os direitos reservados.